Projeto: Prospecção de demandas e intercâmbio de conhecimentos para a transição agroecológica da agricultura familiar no território Leste Paulista


O Projeto: Prospecção de demandas e intercâmbio de conhecimentos para a transição agroecológica da agricultura familiar no território Leste Paulista, coordenado por Francisco Miguel Corrales estuda e fortalece agricultura familiar em conjunto com diferentes agentes e instituições organizados na Rede de Agroecologia do Leste Paulista, vêm estruturando e construindo sistemas agrícolas mais integrados, baseados na Agroecologia, no objetivo de viabilizar produção agrícola com biodiversidade, equilíbrio ambiental, rentabilidade, autonomia e manejo sustentável. Este processo possui significativa importância socioeconômica para esse grupo de agricultores de expressiva presença no Leste Paulista, como também para o território e para a população rural e urbana como um todo.
Essa região, formada por 90 municípios e abrigando predominantemente as bacias hidrográficas dos rios Piracicaba e Mogi Guaçu, fornece água para uma população de mais de 5,5 milhões de pessoas e a produção de base familiar representa parcela significativa da renda agrícola local. Um importante resultado desse trabalho da Rede foi articular e fomentar a organização própria dos Agricultores Familiares no sentido de avançar em direção aos processos e à produção agroecológica

Há necessidade do fortalecimento desses processos, uma vez que ainda existem várias dificuldades relativas à formação do conhecimento, à capacidade organizativa, à
comercialização, as metodologias e as tecnologias ideais para viabilizar a consolidação da transição agroecológica em direção à uma agricultura mais sustentável.Esse território com expressiva presença da agricultura familiar carece especialmente de uma ação mais intensa de identificação de necessidades, de modo a contribuir ao reconhecimento e disponibilização de conhecimentos e tecnologias apropriadas ao processo de transição agroecológica local. Para contribuir com esse processo de construção social, o presente projeto propõe­se a trabalhar para a identificação de necessidades a partir do diagnóstico e caracterização dos principais sistemas agrários do Leste Paulista – em especial aqueles vinculados à Agricultura Familiar ­ na geração conjunta e participativa de conhecimentos, processos, inovações, metodologias e tecnologias visando o redesenho e o manejo sustentável dos agroecossistemas fundamentados nos preceitos da Agroecologia.

Os objetivos são realizar ações de troca de conhecimentos, a partir das principais necessidades identificadas em transição agroecológica pelos tipos predominantes de agricultores familiares do território Leste Paulista. Fortalecer esses processos por esses agricultores da região por meio da implantação e organização participativa em Unidades de Referência estruturadas em áreas coletivas ou em propriedades dos próprios agricultores. Organizar banco de dados georreferenciado com dados e indicadores sociais, econômicos e ambientais disponíveis em bases de acesso público, de modo a caracterizar o tipo de agricultores